O cheiro da palavra

Ao fim de cada palavra dita
há algo invisivelmente escapando,
dançando no ar,
ganhando o espaço indiscriminadamente,
e ninguém realmente sabe quando vai explodir,
ninguém realmente sabe o início e o ápice,
ninguém pode sentir o cheiro
das construções linguísticas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s