Malabarismo linguístico?.
Não!.
Não nesta noite!
não nesta hora!.

Dividida
fragmentada.

Uma parte do corpo no assento do ônibus te encarando pagar a passagem, e a outra no quarto rememorando o ensaio de fingir não te querer.
Ensaio que só abrevia o conflito,
abafando o que foi dito e redito,
que agora o lirismo na forma de poesia
cumpre função de mertiolate,
mas só arde,
escuta: só arde.

Que nos venham palavras e versos,
mas que jamais estejam divorciadas do afeto,
pois somos a manifestação de duas almas que ainda vivem,
ainda sentem,
embora os destinatários sejam completamente diferentes.

Enviar milhares de cartas
talvez seja um joguete coerente,
porém não tema,
ainda há de enlouquecer em cima delas
e molhar o vidro das vistas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s